Publicamos atualizações frequentes em nossa documentação, e a tradução desta página ainda pode estar em andamento. Para obter as informações mais recentes, acesse a documentação em inglês. Se houver problemas com a tradução desta página, entre em contato conosco.

Criar um repositório somente com problemas

O GitHub não fornece permissões de acesso somente a problemas, mas você pode fazer isso usando um segundo repositório que contenha apenas os problemas.

  1. Crie um repositório privado para hospedar o código-fonte do seu projeto.
  2. Crie um segundo repositório com as permissões que deseja para hospedar o rastreador de problema.
  3. Adicione um arquivo LEIAME ao repositório de problemas explicando a finalidade desse repositório e vinculando-o à seção de problemas.
  4. Defina colaboradores ou equipes para fornecer acesso aos repositórios conforme desejado.

Os usuários com acesso de gravação a ambos podem fazer referência e fechar problemas nos repositórios, mas aqueles sem as permissões necessárias verão referências que contêm informações mínimas.

Por exemplo, se você fizesse push de um commit no branch padrão do repositório privado com a mensagem Fixes organization/public-repo#12, o problema seria fechado, mas apenas os usuários com as permissões adequadas veriam a referência entre repositórios indicando o commit que fechou o problema. Sem as permissões, uma referência continua aparecendo, mas os detalhes são omitidos.

Pergunte a uma pessoa

Não consegue encontrar o que procura?

Entrar em contato